SEJA BEM-VINDO À NOSSA LOJA!

CONTATO | (11) 3074-0110 | ENTRAR

Café Especial e Tradicional: Benefícios e Malefícios

Imagine que você está em uma lanchonete e resolve pedir um suco de laranja.

Na hora de fazer esse suco, o atendente utiliza 4 laranjas, sendo que duas estão maduras, mas uma está verde e a outra está apodrecida. O gosto não será nada agradável e você será necessário mascarar esse gosto desagradável com açúcar ou adoçante.

Imaginou? Bom, isso realmente não costuma acontecer, pois temos o hábito de tomar esse suco e reconhecemos muito bem o sabor adocicado, um pouco ácido e azedinho natural da fruta.

Contudo, esse caso que não acontece com o suco de laranja é bastante corriqueiro com o nosso café. A maior parte do consumo brasileiro de café é da categoria Tradicional, corresponde a cerca de 90%, enquanto 10% é da categoria Especial.

A categoria Tradicional aceita uma quantidade de imperfeições na produção na ordem de 30%, isso significa que quase um terço do peso de uma embalagem de café desta categorial está com grãos fermentados, verdes, passados (pretos). Caso não haja garantia de pureza, pode haver cascas, folhas e gravetos torrados no produto – por isso a coloração tão escura e o gosto tão amargo ser característico deste tipo de produção. É uma forma de mascarar essas condições do produto!

É importante enfatizar que os problemas destas imperfeições vão muito além do sabor do café. Como é habitual do brasileiro o consumo do “cafezinho”, há riscos para a saúde, como consumir qualquer outro produto de origem suspeita ou com imperfeições. As gastrites e úlceras, muitas vezes associadas ao consumo de café nada mais são que consequências da insuficiência dos mecanismos de defesa de nosso corpo ao tentar “vencer” os agentes externos que consumimos. Ou seja, não necessariamente estamos falando do café em si, mas sim de sua qualidade.

Diversos estudos mostram benefícios ao se consumir café. Seus principais ácidos fenólicos possuem ação antioxidante e auxiliam no aumento do nível de HDL, o chamado bom colesterol. Assim como auxilia na diminuição dos níveis da proteína beta-amiloide que, em grande quantidade, se deposita ao redor e no interior dos neurônios provocando perda significativa da memória – associada a Doença de Alzheimer…

Por fim, recapitulando a metáfora da laranja:

Assim como o suco de laranja, feito de frutas frescas e maduras, repõe a vitamina C e promove o bom humor, o cafezinho diário traz efeito antioxidante e disposição para a sua rotina, mas lembre-se: café da categoria Especial!

Deixe um Comentário